24/03/2021 2:45 pm

SEMA lança campanha “Consumidor consciente: caranguejo-uçá”

O caranguejo-uçá, da espécie Ucides cordatus, é um dos mais importantes constituintes da fauna do ecossistema de manguezal. Ele é caracterizado por possuir patas carnudas, peludas e arroxeadas. Além disso, vive em tocas e se alimenta de folhas. Assim como os outros caranguejos, possui cinco pares de patas, sendo que o primeiro par é bem desenvolvido e terminado em pinças que ajudam na alimentação, na defesa e na atração da fêmea. 

De acordo com o Atlas dos Manguezais do Brasil, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Maranhão é o estado brasileiro que mais possui manguezais a nível nacional. Por isso, conta com uma grande quantidade de  caranguejo-uçá, que possui períodos de defeso devido à sua vulnerabilidade durante o período de reprodução.

No fenômeno chamado de andada, os caranguejos saem em busca de seus parceiros para acasalar e ficam muito sensíveis, ocasionando uma intensa captura predatória, pois qualquer pessoa pode pegá-lo. Por isso, todos devem respeitar o período de defeso do caranguejo. Para os infratores, a pena é de 1 a 3 anos de reclusão e multa.

SAIBA MAIS

O Caranguejo-uçá
O caranguejo-uçá, da espécie Ucides cordatus, são animais caracterizados por patas carnudas, peludas e arroxeadas; e que tem seu habitat natural os manguezais, onde escavam tocas, principalmente na lama.

Durante a maré alta, permanecem na toca e, quando a maré baixa, saem em busca de alimentos (folhas) e participam do processo de ciclagem e retenção de nutrientes, sendo considerados importantes na cadeia alimentar do manguezal. Os machos possuem abdômen em forma de “t” invertido e as fêmeas abdômen arredondado.

Sua reprodução
A chamada “andada” é o período de reprodução, momento em que os caranguejos saem de suas tocas e andam pelo manguezal para acasalamento e liberação dos ovos. Nesses dias, ficam proibidos: 

  • Captura; 
  • Manutenção em cativeiro; 
  • Beneficiamento; 
  • Transporte; 
  • Industrialização; 
  • Comercialização; 
  • Armazenamento, bem como as partes isoladas (desfiado, puãs, pinças e garras) de qualquer origem.

Além disso, os caranguejos, nessa época, passam pelo processo chamado de “equidíase”, ou seja, estão trocando a carapaça para crescerem, o que a deixa mole. Também ficam com pouca carne e sabor amargo.

Curiosidades
– Você sabe o que é um caranguejo leitoso? 
Na época de reprodução o caranguejo produz uma substância química “leitosa” composta por hormônios, proteínas, lipídios e minerais que formará a nova carapaça. Nesse período desaconselha-se o consumo do crustáceo, pois o “leite” pode causar diarréia, tontura e náuseas.

– Aos infratores que não respeitarem o período de “andada”, serão impostas as penalidades e sanções impostas pela Lei n° 9.605/98 e Decreto nº 6.514/2008.

 

Ouvidoria (98) 3194-8911

Fonte: Superintendência de Educação Ambiental
Adaptação: Thalia Lemos
Revisão: Kleo Souza
Arte: Natália Macedo

 

Informações

Fones:

Sema (GERAL): (98) 3194-8900
Ouvidoria: (98) 3194-8909 -
Atendimento de Seg a Sex - 13h às 19h
Endereço eletrônico: ouvidoria@sema.ma.gov.br

Endereço Sede: Av. dos Holandeses, n° 04, Quadra 06, Edifício Manhattan, Calhau São Luís - Maranhão CEP: 65071-380.

Endereço Anexo: Rua dos Búzios, Quadra 35, Lote 18, Calhau São Luís - Maranhão CEP: 65071-700

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela SEATI