28/06/2021 11:00 am

Os perigos da pesca fantasma para o meio ambiente

A pesca fantasma é um dos grandes perigos que afeta a vida marinha, pois se trata dos resíduos de pesca esquecidos ou deixados no mar, como redes de emalhar e de arrasto, varas, linhas, anzóis, espinhéis, armadilhas de covos, potes, entre outros, que se tornam prejudiciais ao meio ambiente, devido ao seu tempo de decomposição e as substâncias que são liberadas. Segundo dados da World Animal Protection, mais de 600 mil toneladas de materiais de pesca são deixados no oceano por ano, representando 10% de todo plástico do mar.

Por conta da pesca fantasma, animais como baleias, peixes, tartarugas e até aves podem ficar presos e serem mortos ou gravemente feridos. Segundo o relatório “Maré Fantasma – Situação atual, desafios e soluções para a pesca fantasma no Brasil”, estima-se que até 69 mil animais marinhos sofrem os impactos dessa pesca por dia, acarretando em prejuízos ao ecossistema. Além disso, os materiais deixados geram micro resíduos que poluem os oceanos e, uma vez que não são recolhidos ou reciclados, podem levar os animais a confundi-los com comida, sendo prejudicial também para os seres humanos.

Outro fator prejudicial é que grande parte desses resíduos são feitos de material plástico, demorando, assim, muito tempo para se decompor totalmente. Um exemplo é a linha de pesca, que leva cerca de 600 anos para se decompor, contribuindo para a poluição dos oceanos, que são fundamentais para o equilíbrio da vida no planeta. Além disso, a pesca fantasma prejudica até mesmo a pesca comercial por aprisionar e matar uma grande quantidade de espécies marinhas que poderiam ser capturadas e comercializadas de forma regular.

Diante desse cenário e da importância da preservação dos oceanos, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu que, entre 2021 e 2030, viveremos a Década do Oceano, sendo uma oportunidade para fortalecer a gestão sustentável dos oceanos e buscar soluções para evitar que a pesca fantasma afete ainda mais a vida marinha e, consequentemente, os oceanos e o planeta.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:‌‌ ‌Assessoria‌ ‌de‌ ‌Comunicação‌ ‌
Texto:‌ ‌‌Thalia‌ ‌Lemos‌ ‌/ Juliana Sousa
Revisão:‌ Adriana Moraes
Arte: Carol Aquino

Informações

Fones:

Sema (GERAL): (98) 3194-8900
Ouvidoria: (98) 3194-8909 -
Atendimento de Seg a Sex - 13h às 19h
Endereço eletrônico: ouvidoria@sema.ma.gov.br

Endereço Sede: Av. dos Holandeses, n° 04, Quadra 06, Edifício Manhattan, Calhau São Luís - Maranhão CEP: 65071-380.

Endereço Anexo: Rua dos Búzios, Quadra 35, Lote 18, Calhau São Luís - Maranhão CEP: 65071-700

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela SEATI