SEMA REALIZA JUNHO AMBIENTAL COM ATIVIDADES DEDICADAS AO MEIO AMBIENTE

13/06/2022

SEMA REALIZA JUNHO AMBIENTAL COM ATIVIDADES DEDICADAS AO MEIO AMBIENTE

Para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no último domingo (5), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), promoveu uma série de atividades ambientais entre os dias 03 e 10 de junho.

A programação iniciou com o Lançamento do Sumário Executivo do Plano de Ação para Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção do Território Meio Norte-PAT MEIO NORTE, contou também com trilhas ecológicas, oficinas, doação de mudas e capacitações para estimular a consciência ambiental e a sustentabilidade.

A ação promovida pela Secretaria teve como público-alvo, crianças, adultos, gestores municipais e a sociedade. Algumas escolas das redes de ensino municipal e estadual, como a Unidade de Ensino Fundamental Elzuila Abreu, no Turu e o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA) Pleno de São José de Ribamar, respectivamente, receberam a equipe técnica da Sala de Situação da SEMA, que realizou palestra sobre Monitoramento hidrometeorológico para prevenção de desastres naturais, seguida de uma oficina de confecção de Pluviômetro artesanal. 

“Primeiro executamos a palestra, onde abortamos conceitos de desastres naturais e seus impactos para a sociedade e ao meio ambiente, e num segundo momento, fizemos a oficina de confecção de pluviômetro (medidor de chuva), usando como matéria-prima garrafas plásticas descartadas. Pudemos abordar a importância da medição da quantidade chuva e da reciclagem”, disse Caco Graça, Supervisor de Emergências Ambientais.

Na programação, também foram destacadas as capacitações realizadas na sede e nos municípios maranhenses. O início da série de cursos se deu na manhã da última quarta-feira, dia 08, na sede da SEMA, que abordaram as seguintes temáticas: “Importância do Termo de Capacitação Técnica Institucional (TCTI) a Municipalização do Licenciamento”, ministrado pelo secretário-Adjunto de Licenciamento, Rafael Maciel; “Licenciamento Ambiental Municipal: fundamentos”, ministrado pelo Supervisor de Resíduos e Analista Ambiental, Pedro Fernandes; “Outorga: aspectos gerais”, ministrado pela Analista Ambiental e Geóloga, Rebeca Matos.

As ações de capacitações nos municípios se iniciaram no dia 08, em São Bento, com uma roda de conversa com os temas: “Avanços e desafios do Programa Maranhão Verde” e “Essência dos programas de pagamento por serviços ambientais”, que contou com a participação de integrantes do Programa Maranhão Verde, Agentes Jovens Ambientais, Sociedade Civil e Alunos da UEMA.

Na quinta-feira (9), no munícipio de Barreirinhas, aconteceu a oficina de Gerenciamento Costeiro, que teve como objetivo a contextualização histórica do Gerenciamento Costeiro no Estado com o propósito de implantar a Política Estadual de Gerenciamento Costeiro Integrado, promovendo o debate entre a sociedade civil e as entidades públicas acerca do tema.

No decorrer da semana, pensando em ampliar a cobertura vegetal arbórea em benefício da biodiversidade e promover a melhoria da qualidade ambiental do município, foi realizada a doação de mudas nativas de jambo, pitanga, cupuaçu, açaí na sede da SEMA. 

Além, da distribuição gratuita de mudas feita diariamente durante toda semana,  aconteceu na tarde desta sexta-feira, dia 10, o plantio de mudas no Parque do Rangedor. 

Para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no último domingo (5), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), promoveu uma série de atividades ambientais entre os dias 03 e 10 de junho.

A programação iniciou com o Lançamento do Sumário Executivo do Plano de Ação para Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção do Território Meio Norte-PAT MEIO NORTE, contou também com trilhas ecológicas, oficinas, doação de mudas e capacitações para estimular a consciência ambiental e a sustentabilidade.

A ação promovida pela Secretaria teve como público-alvo, crianças, adultos, gestores municipais e a sociedade. Algumas escolas das redes de ensino municipal e estadual, como a Unidade de Ensino Fundamental Elzuila Abreu, no Turu e o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA) Pleno de São José de Ribamar, respectivamente, receberam a equipe técnica da Sala de Situação da SEMA, que realizou palestra sobre Monitoramento hidrometeorológico para prevenção de desastres naturais, seguida de uma oficina de confecção de Pluviômetro artesanal. 

“Primeiro executamos a palestra, onde abortamos conceitos de desastres naturais e seus impactos para a sociedade e ao meio ambiente, e num segundo momento, fizemos a oficina de confecção de pluviômetro (medidor de chuva), usando como matéria-prima garrafas plásticas descartadas. Pudemos abordar a importância da medição da quantidade chuva e da reciclagem”, disse Caco Graça, Supervisor de Emergências Ambientais.

Na programação, também foram destacadas as capacitações realizadas na sede e nos municípios maranhenses. O início da série de cursos se deu na manhã da última quarta-feira, dia 08, na sede da SEMA, que abordaram as seguintes temáticas: “Importância do Termo de Capacitação Técnica Institucional (TCTI) a Municipalização do Licenciamento”, ministrado pelo secretário-Adjunto de Licenciamento, Rafael Maciel; “Licenciamento Ambiental Municipal: fundamentos”, ministrado pelo Supervisor de Resíduos e Analista Ambiental, Pedro Fernandes; “Outorga: aspectos gerais”, ministrado pela Analista Ambiental e Geóloga, Rebeca Matos.

As ações de capacitações nos municípios se iniciaram no dia 08, em São Bento, com uma roda de conversa com os temas: “Avanços e desafios do Programa Maranhão Verde” e “Essência dos programas de pagamento por serviços ambientais”, que contou com a participação de integrantes do Programa Maranhão Verde, Agentes Jovens Ambientais, Sociedade Civil e Alunos da UEMA.

Na quinta-feira (9), no munícipio de Barreirinhas, aconteceu a oficina de Gerenciamento Costeiro, que teve como objetivo a contextualização histórica do Gerenciamento Costeiro no Estado com o propósito de implantar a Política Estadual de Gerenciamento Costeiro Integrado, promovendo o debate entre a sociedade civil e as entidades públicas acerca do tema.

No decorrer da semana, pensando em ampliar a cobertura vegetal arbórea em benefício da biodiversidade e promover a melhoria da qualidade ambiental do município, foi realizada a doação de mudas nativas de jambo, pitanga, cupuaçu, açaí na sede da SEMA. 

Além, da distribuição gratuita de mudas feita diariamente durante toda semana,  aconteceu na tarde desta sexta-feira, dia 10, o plantio de mudas no Parque do Rangedor.

 

Texto: Jully Araújo, Sandy Alencar