Notícia

Sema realiza ação devido ao ciclo reprodutivo de mariposas em Barreirinhas

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), realizou nos dias 26, 27 e 28 de junho, uma ação no município de Barreirinhas, com o objetivo de monitorar, coletar dados e orientar a população local sobre o elevado número de incidentes envolvendo mariposas.
⁣⁣⁣ Diversos casos de reação alérgica têm sido relatados por moradores do local. As alergias são desencadeadas pelo contato direto ou indireto da pele humana com cerdas ou espículas existentes no abdome de mariposas fêmeas. As cerdas são utilizadas para a proteção dos ovos após a postura. Através do contato, são liberadas pelo inseto em superfícies, roupas, objetos, espículas que provocam quadros de dermatite. Atraídas pela luz, durante revoadas ou quando manipuladas, as mariposas liberam “nuvens” de cerdas onde estão os espinhos urticantes. ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ “Tão importante quanto mapear as áreas com grandes ocorrências de casos, é identificar as atividades ou empreendimentos que possam causar ou agravar esse desequilíbrio ambiental, afetando nitidamente a qualidade de vida da população e a economia local”, destacou o secretário adjunto de licenciamento, Rafael Maciel, ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ O superintendente de Biodiversidade e Áreas Protegidas, Fabio Siqueira, aponta a importância da contribuição da população através de informações: “Identificada uma situação de desequilíbrio ambiental se faz necessário imediato monitoramento. Desta forma, a Superintendência de Biodiversidade e Áreas Protegidas, juntamente com a Superintendência de Recursos Florestais, coletaram informações junto à população local para cruzamento com as imagens aéreas das áreas sensíveis capturadas por drone, objetivando delimitar ações futuras mais consistentes e efetivas para esse tema”. ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ Um dos fatores do aumento do surgimento das mariposas é causado pelo desmatamento. O superintendente de recursos florestais, Júlio Portela, alerta sobre o assunto: ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ “A Superintendência de Recursos Florestais, vem acompanhando essa questão como ponto fundamental, visto que a questão do desmatamento é ligada diretamente as mudanças de intemperes da cobertura vegetal. Os impactos do desmatamento são locais podendo ver claramente as áreas que estão sendo impactadas com o aumento do desenvolvimento urbano desorganizado. A mudança climática pode afetar todo o ecossistema” ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ Paralelamente às ações, a SEMA enviará ofícios aos órgãos de saúde solicitando o número total de casos relacionados às mariposas, com objetivo de realizar mapeamento identificando as áreas de maior ocorrência para subsidiar políticas públicas e ações governamentais referentes ao tema. ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ O alinhamento prévio, realizado com o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBM-MA), possibilitou identificar os pontos com maiores relatos de incidentes, destacando-se os bairros do Tapuio, Boa vista e Cruzeiro. ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ RECOMENDAÇÕES ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ Como forma de prevenção são necessários alguns cuidados. Algumas recomendações simples podem evitar o aparecimento e o contato com as mariposas: ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Fechar janelas e portas ao entardecer por aproximadamente 2 horas; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Apagar as luzes externas das moradias; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Não permanecer embaixo de postes luminosos, pois as mariposas são atraídas pela luz; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Retirar a roupa dos varais antes do entardecer; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Nunca pegar as mariposas com as mãos sem proteção, mesmo quando mortas; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Limpar os móveis, que possivelmente foram expostos às mariposas, com pano úmido e colocar este pano em um saquinho plástico antes de jogá-lo no lixo; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Não varrer quintais e calçadas, utilizar mangueiras ou baldes com água. Para limpeza dos assoalhos, passar um pano úmido; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ Caso haja o contato com o inseto: ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Lavar as mãos ou tomar banho imediatamente; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Lavar abundantemente com água fria e/ou utilizar compressas frias. ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Não levar as mãos aos olhos; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Não coçar a pele após contato com o inseto; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Não tomar ou passar qualquer tipo de medicamento; ⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣ – Buscar atendimento em uma unidade de saúde o mais breve possível.