Notícia

SEMA ATUA NA PREVENÇÃO E CONTROLE DAS QUEIMADAS

Durante todo o ano a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), realiza atividades voltadas para o controle e a prevenção das queimadas no Estado. Em 2020, com a pandemia do no Coronavírus, a SEMA passou por adequações em suas atividades, e já vem participando de diálogos para estabelecer ações de fiscalização e combate a incêndios ocorridos no sul do Maranhão.

Para de evitar o aumento de ocorrências de queimadas e incêndios florestais e também evitar a lotação nos hospitais durante o período de pandemia do novo Coronavírus, a SEMA em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Secretaria de Meio Ambiente de Balsas , Procuradoria, Secretaria de Saúde e a Guarda Municipal de Balsas, deram início às tratativas a fim de discutir e elaborar um planejamento que integrem essas questões.

As queimadas causam sérios prejuízos à fauna e à flora, reduzindo a vegetação, diminuindo a fertilidade do solo e comprometendo a qualidade do ar, além provocando vários tipos de doenças à saúde humana, principalmente respiratórias, como explica o Chefe do Escritório Regional da SEMA em Balsas, Ribamar Cruz: “Sabemos que essas queimadas provocam muitas fumaças e, consequentemente, problemas respiratórios para a população. nossa intenção é evitar o agravamento de problemas respiratórios e, por sua vez, a lotação nos hospitais do município”.

A SEMA já realiza fiscalizações pontuais, acompanhadas do Batalhão Polícia Ambiental (BPA), Corpo de Bombeiros, Prefeituras, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (SAGRIMA), Secretaria de Agricultura Familiar (SAF) e outros, além do monitoramento e ações de Educação Ambiental, através dos programas Programa Fogo Zero (incêndio zero), Dia D contra as queimadas, palestras e fiscalizações, sempre buscando a melhor forma de monitoramento, controle e conscientização sobre as queimadas.

SOBRE QUEIMADAS

A incidência de focos de queimadas no Maranhão deve-se às ações do homem que ainda faz uso do fogo em suas diversas atividades de campo ou em sua maioria de forma criminosa e intencional, atrelado ainda às condições climáticas do Estado, tais como: ventos fortes, baixa umidade e temperaturas elevadas, que juntos se tornam condição para o fogo se espalhar e sair do controle.

SUPERVISÃO DE DESMATAMENTO E QUEIMADAS

É responsável pelo monitoramento dos focos de queimadas no Estado do Maranhão e possui em seu Plano de Trabalho as seguintes ações: capacitações, realização de seminários, palestras, além da realização de eventos visando sensibilizar a sociedade em relação aos danos causados pelas queimadas.

A Supervisão também orienta, planeja, revisa e executa ações relacionadas às políticas de controle, combate e prevenção ao desmatamento, queimadas e incêndios florestais.

Texto: Kleo Souza
Revisão: Thaís Andrade e Gustavo Menezes
Foto: Divulgação