PORTAL DA TRANSPARÊNCIA  |     |  

05 de Junho: Dia Mundial do Meio Ambiente

04/06/2018

 
No Dia 05 de junho, se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente. Nessa data, o Governo do Maranhão tem muito que comemorar na área ambiental. Um exemplo é o Plano Estadual de Educação Ambiental, principal balizador das políticas, dos programas e projetosde educação ambiental. 
 
“Já é Lei, sancionada pelo Governador Flávio Dino, contribuindo, assim, para que as ações de educação ambiental sejam articuladas e contínuas, com gestão coordenada, respeitando-se as especificidades de cada região do Maranhão”, disse o Secretário Marcelo Coelho. 
 
Outra ação de extrema é o Programa Maranhão Verde, destinado a fomentar e desenvolver projetos voltados para Apoio à Conservação e Recuperação Ambiental. Lei Estadual nº 10.595/2017. Já estão em andamento 02 projetos. O primeiro, intitulado “Berço do Rio Itapecuru”, acontece no Parque Estadual do Mirador, que visa conservar e recuperar as nascentes e cursos dos rios Itapecuru e Alpercatas; o segundo, intitulado “Floresta Protetora dos Mananciais”, que se destina a conservar e recuperar as matas ciliares e áreas de recarga no interior do Parque Estadual do Bacanga, em São Luís.
 
 
O Programa conta com ações de educação ambiental, capacitação da população local, produção de mudas de espécies nativas, preservação, restauração, recomposição e recuperação de áreas e monitoramento e avaliação ambiental, sendo de extrema importância para o Estado do Maranhão. 
 
E falando em água, um importante avanço para a proteção dos recursos hídricos do Estado é a consolidação do Plano Estadual de Recursos Hídricos, já em fase de produção. O Plano delineará estratégias para assegurar os usos múltiplos das águas, conservação, proteção e recuperação das bacias hidrográficas estaduais.
 
“Devido a essa diversidade hídrica, é de extrema importância a elaboração do Plano Estadual de Recursos Hídricos, que promoverá novas práticas da utilização das águas sob fundamentos, diretrizes e instrumentos inovadores da gestão de recursos hídricos, com vistas à promoção de políticas públicas que respeitem as especificidades sociais, econômicas e ambientais de cada bacia hidrográfica localizada no Estado”, destacou o gestor.
 
Pode-se destacar, também, o Estudo Hidrogeológico da Região Metropolitana de São Luís - Subsídios para o Uso Sustentável dos Recursos Hídricos, que fornecerá subsídios necessários para a continuidade da gestão das águas futura e atual da Ilha. A SEMA, também, tem intensificado suas ações em prol da criação dos Comitês de Bacias Hidrográficas. Atualmente, já existem os Comitês das Bacias Hidrográficas dos rios Mearim e Munim. Os rios Preguiças, Turiaçu, Tocantins, Itapecuru e Parnaíba já estão em andamento.
 
E citamos aqui, também, na lista de principais iniciativas ambientais, o “Projeto Biodigestor: um gás na economia do campo”, já iniciado. O biodigestor é uma tecnologia social de baixo custo e perfeitamente adaptável às características socioeconômicas e geográficas do Maranhão, que possibilita a produção e captação de biogás para o uso doméstico a partir do aproveitamento da biomassa oriunda de esterco animal.
 
“A ideia é reduzir significativamente os impactos ambientais ocasionados pela contaminação do lençol freático por meio da deposição de fezes e urina dos animais, além de evitar a supressão da vegetação nativa do entorno, evitar a emissão de gases gerados pela queima de lenha, além de fortalecer a economia doméstica destas famílias por meio captação do biogás”, ressaltou Coelho. 
 
Nesta primeira fase do projeto foram escolhidas duas comunidades no município de Santo Amaro (Laranjeiras e Rio Grande) e duas no município de Serrano (Santo Antônio e Deus Bem Sabe). As quatro comunidades escolhidas seguindo os critérios pré-estabelecidos pelo projeto serão contempladas com cinco biodigestores em cada.
 
Parques Ambientais
 
A SEMA trabalha na construção de vários parques ambientais, como forma de aliar o lazer e a consciência ambiental. “São espaços importantes, porque contribuem para a melhoria da qualidade de vida da população”, destacou Coelho. 
 
Todos os parques estão sendo construídos de forma a garantir a preservação ambiental da vegetação nativa e ecossistema natural, possibilitando também a realização de pesquisas científicas, desenvolvimento de educação e interpretação ambiental de recreação e contato com a natureza e turismo ecológico.
 
“Devemos incentivar a interação da população com a natureza para que desenvolvam o sentimento de proteção e cuidado pelo meio ambiente, além de favorecer o lazer e a prática de esportes para uma melhor qualidade de vida da população”, finalizou o gestor.
 
Semana do Meio Ambiente
 
Em comemoração a Semana do Meio Ambiente, a SEMA estará em vários municípios, com palestras e ações de conscientização, como Codó, Tutóia, Imperatriz, Balsas, Lagoa Grande, Itinga, Porto Rico, São Bento, Matões e Urbano Santos. Serão palestras e oficinas sobre unidades de conservação, recursos hídricos, gestão de resíduos e reciclagem e educação ambiental e, também, blitz educativa. Além de disso, haverá distribuição de mudas. 
Para finalizar as comemorações, terá uma atração cultural no Complexo Ambiental da APA do Itapiracó, dia 09 de junho, a partir das 16h, e também oficinas de resíduos e educação ambiental, trilha ecológica e explanação do que pode ou não ser feito dentro de uma unidade de conservação. 
 
Aproveite e leve seu material reciclável, como garrafa pet e de vidro, para destinação correta. 
 

Contatos

contatos

Fones:
Sema (GERAL): (98) 3194-8900
Ouvidoria: (98) 3194-8910
Fax: (98) 3194-8911
 
Endereço Sede:
Av. dos Holandeses, n° 04, Quadra 06, Edifício Manhattan, Calhau
São Luís - Maranhão CEP: 65071-380
 
Endereço Anexo:
Rua dos Búzios, Quadra 35, Lote 18, Calhau
São Luís - Maranhão CEP: 65071-700